Seu reduto gamer na internet!

Já jogou aos jogos do Google em seus Doodles na página inicial?


Jogo do Google de Futebol das Olimpíadas

Jogo do Google de Futebol das Olimpíadas

O Google conhecida mundialmente, é um dos maiores sucessos jamais vistos e o crescimento desta empresa ainda não parou e irá continuar a crescer. O seu objetivo é desenvolver tecnologia para melhorar a qualidade de vida dos seus usuários. Este facto faz com que a empresa ganhe bilhões anualmente. Todos sabemos que o Google é o principal e mais usado motor de busca, mas não é apenas isso que domina, pois a tecnologia tornou-se também um alvo para a empresa. Além disso, as condições que os seus trabalhadores têm são excelentes. Mas você já conhecia ou até mesmo já jogou ao jogos do Google?

Apesar do Google ter começado a ser introduzido mesmo já havendo outros motores de busca, como o Yahoo e outros, este não ficou atrás deles e conseguir ultrapassá-los facilmente. A razão porque o fez rapidamente, é bem simples: o cliente é sempre posto em primeiro lugar. O fator inovativo também conta bastante para o seu sucesso, visto que as pessoas gostam de coisas novas e diferentes.

Ao entrar no Google, esta primeira página que lhe é apresentada é muito simples, tanto em termos de design como em termos de utilização. O logotipo usado é nome de um grande número usado na matemática.

Uma criação do Google, chamada de Doodles, têm ficado bastante conhecidos em todo o mundo. Estes divulgam sempre o logo da empresa. São apenas imagem que servem como forma de homenagem à celebridades, séries, eventos e também à jogos!

Jogo de Pac Man no site do Google

Jogo de Pac Man no site do Google

Como já foi dito, o Google é o maior motor de busca existente e tem a maioria dos usuários. Quando entramos na página do Google, poderemos ver estas imagens, os doodles, que poderão interagir com as pessoas, como o doodle do jogo Pac Man, no qual era permitido a interação entre o jogo e o jogador.

Somente ficam por um dia na página, pois muitas pessoas começam a ficar viciados e muitas vezes ficam irritadas e desiludidas porque o Google retirou o doodle da página. Normalmente, são bem simples de se jogar, com gráficos básicos e é isso que faz deles um enorme sucesso.

Apesar da empresa os tirar após as 24 horas, tentamos ver se poderíamos jogar nos doodles após terem sido removidos. Desta forma, podem passar-se dias e semanas, e os doodles estão disponíveis online para os seus fãs poderem jogar. Encontrámos vários sites que têm. Uma pequena pesquisa e encontrará de certeza, mesmo aqueles que já têm alguns anos.

Entre aqueles criados, podemos destacar aqueles que celebram o Doctor Who, Pac Man, e as Olímpiadas de 2012. Óbvio que não foram somente estes, mas são estes que tiveram uma maior abrangência e foram bastante jogados e vistos. Se puder, jogue-os. Não se irá desiludir, até porque não se pode esquecer que estes são produzidos pela melhor empresa do mundo. ( E se você for como nós que se viciou em alguns destes games, é possível jogar aos jogos do Google neste site aqui.)

Os jogos de Bubble Shooter são como um bom vinho; com o tempo somente melhoram


Apresentamos o Bubble Shooter

Apresentamos o Bubble Shooter

Se você já é um árduo e ‘velho’ fã de games como nós, existe uma grande probabilidade de que você talvez também seja mais um fã deste ‘antigo’ porém clássico dos jogos de nossa atual era digital. Hoje abordaremos um joguinho que como mencionamos já está presente em nossos cotidianos já por algum tempo, estamos falando do famoso jogo de bolinhas bubble shooter!

Este simplório jogo de bolinhas coloridas foi criado há mais de dez anos atrás (em 2001), e ainda continua bastante popular por todo o planeta, o que não deixa de ser um incrível feito, não é mesmo? Se pararmos para pensar, neste ritmo louco de avanços tecnológicos e lançamento de jogos cada vez mais complexos e modernos, com gráficos cada vez mais próximos da realidade, o feito deste jogo bubble de jogabilidade super simples e gráficos ‘toscos’ é algo realmente impressionante.

Além da sua resiliência durante estes quase 14 anos, os jogos de bubble shooter, não são como alguns jogos zumbis que se encontram por aí. Nós referimos a jogos antigos zumbis, aqueles não que não possuem uma quantidade significativa de jogadores. Os jogos de bubble, segundo estatísticas, ao contrário, apresentam nada menos do que cerca de 200 mil jogadores ao redor do globo! Com certeza não é um número pequeno de fãs para um jogo que foi criado praticamente na virada do milênio, não é mesmo?

Outro fato curioso dos jogos de bubble é que eles foram incialmente criados para crianças, pois possuem uma jogabilidade super simples. Mas o interessante é que a grande maioria dos jogadores de bubble shooter possuem uma idade média de 35 anos! Mas por que será que estes adultos então gostam tanto deste joguinho bem simples? Bem primeiramente, no geral pessoas com 35 anos ou mais de idade não possuem o tempo e a paciência para aprenderem a jogar todos estes jogos modernos e complexos que temos hoje no mercado. Segundo, esta grande parte de jogadores com mais de 35 apesar de não possuírem o tempo e a paciência para aprender a jogar, também gostam de jogos que sejam envolventes e ao mesmo tempo desafiantes ( e claro de jogabilidade simples). É bem aí que entra o nosso clássico bubble shooter.

jogo

Variante de Bubble Shooter – o Bubble Trouble

Este jogo de bolinhas coloridas atrai justamente estas pessoas que querem um jogo simples, mas que ao mesmo tempo é complexo e desafiante. E é justamente este quesito de desafio que mantém os jogadores viciados em bubble shooter, já que seus gráficos enganam aqueles que pensam que o jogo é fácil. O jogo é simples, porém é longe de ser fácil. Para se jogar bubble shooter e vencer partidas constantemente é necessário haver tácticas e estratégias, não basta apenas atirar bolinhas coloridas aleatoriamente pela tela.

O objetivo do jogo é contudo ainda bastante simples, basta apenas ‘limpar’ completamente, ou seja, estourar todas as bolhas coloridas presente na tela. Para estourar estas bolhas, o jogador deve formar trincas. Estas trincas quando formadas se estouram e assim dão espaço para as bolas que se encontravam por trás delas para serem acertadas pelo jogador.

Certos jogos de bubble shooter, apresentam tempo e outros continuam a sempre colocar novas bolas na parte superior da tela, logo o jogador fica sempre em uma corrida contra o tempo para estourar o número máximo de bolas antes que novas colunas de bolhas apareçam no topo da tela. E é bem aí que muitos jogadores se viciam no game e muitos outros cometem erros. Ao tentarem estourar o máximo de bolhas no menor tempo possível, vários gamers acabam cometendo erros estratégicos ou apenas atirando bolas de forma aleatória, o que na maioria das vezes resulta apenas em derrota. Para aqueles que já apreciam o desafio do tempo contra eles, estes jogos de bubble shooter com tempo, geram a necessidade de se jogar com estratégia e cautela e assim possivelmente vencer este joguinho tão simples, aonde certamente as aparências enganam!

Faça-lhe um favor se ainda não conhece este clássico jogo de bolinhas, e comece a jogá-lo o mais rápido possível. Se você ama um desafio e um passatempo para aquelas esperas em filas de banco, médicos, dentistas, ou mesmo no ônibus, o bubble shooter com certeza irá entreter à você e ao seus neurônios! Um ótimo lugar com diversas opções e diferentes modalidades de jogos de bubble shooter é o site www.bubbleshooter.com.br. Aproveitem e até o próximo post!

Nossa seleção dos melhores jogos de cartas


Hoje iremos falar de jogos que fizeram um grande papel na nossa infância. A categoria dos jogos de carta foi uma categoria bastante comum e famosa há alguns anos atrás. A qualidade dos gráficos deixa muito a desejar e não são dos melhores, é verdade. Contudo, os jogos são tão divertidos e não são nada complexos, duas características bastante importantes quando queremos o sucesso de um jogo.

Muitos jogos desta categoria são considerados um sucesso, até porque não deixam de ser jogados e são adorados por todas as idades. Aqui iremos apresentar-lhe os clássicos!

Solitário:

O jogo do solitário é jogado com as cinquenta e duas cartas do baralho tradicional.
As cartas são sempre baralhadas antes de serem dispostas. Depois, são feitas sete colunas. Na primeira há apenas uma carta, enquanto na segunda há duas e na sétima há sete. O número da coluna corresponde ao número que de cartas. As primeiras cartas de cada coluna estão sempre viradas para baixo e por isso não se vê o seu valor. As outras só poderão ser movidas quando a primeira já não estiver lá.

Contudo, quando se move uma carta é necessário saber para onde a se levar, isto é, as cartas da mesma cor não podem ficar juntas, pois a cor tem de ir alternando e terão de ser dispostas de forma decrescente. Se na coluna estiver um 3 vermelho, temos de jogar um 2 preto.

Todas as cartas podem ser movidas, mas para que sejam bem sucedidas quando são deixadas noutra coluna, é obrigatório que a cor seja alternada – vermelho ou preto – e que a coluna está organizada de forma decrescente. Os jogadores podem mesmo mover uma coluna inteira, desde que esta esteja bem organizada e com as cores alternadas. Para se começar uma coluna, começa-se pelo Rei.

No tabuleiro ainda ficam mais quatro colunas sem nada. Estas são para que os jogadores possam construir as colunas de forma correta. Além disso, cada coluna deve ter um naipe, além da alternação de cor e da disposição dos números.

Solitario Chino - otra variante de Solitario

Solitario Chino – outra variante de Solitario

Em relação à pontuação, essa depende da quantidade de jogadas, de quanto tempo se demorou e quais os tipos de jogadas.

Se quiser jogar o jogo, já tenha jogado ou não, poderá fazê-lo tanto na internet, como no Windows, visto que este sistema operativo inclui o jogo.

Solitário Spider ou Paciência Spider:

Classico juego de solitario spider

Clássico jogo de solitário spider

Mais um jogo que foi introduzido pela Microsoft nos seus sistemas operativos. Este foi adicionado em 1998, e foi isso que fez este jogo tão famoso por todo o mundo. Apesar de ter grandes semelhanças com o Solitário, em que o objetivo é organizar as cartas de forma a ir alternando a cor. A única diferença é que no Solitário Spider (ou Paciência Spider) os jogadores precisam ordenar as cartas do mesmo naipe para que as colunas sejam bem sucedidas. É também jogado com um baralho de 52 cartas. Tem 3 níveis de dificuldade, no qual o mais difícil é jogado com quatro naipes, mas para se jogar nesse já é preciso que se tenha alguma prática.

Layout of a Spider Solitaire Game

Layout do ‘Spider Solitaire’

A pontuação também é contada de forma bem diferente. No Solitário Spider, cada jogador inicia o jogo com 500 pontos. Destes 500, irão ser tirados e postos alguns pontos, tudo depende do que o jogador fizer, por exemplo, cada vez que o movimento anterior for desfeito, o jogador perde três pontos, e quando uma coluna é feita de forma correta são adicionados cem pontos.

Freecell:

Criado e introduzido pela Microsoft nos seus sistemas, o Freecell é outro jogo de cartas bem conhecido por todo o mundo. Este teve as suas bases em jogos como o “Baker” e o “Eigth Off”, que não são nada similares com o Freecell.

Este é também jogado com o baralho normal, de cinquenta duas cartas. O tabuleiro do Freecell tem quatro espaços vazios, que são usados pelo jogador para que este possa construir um naipe. Há outras quatro, e são essas onde o jogador irá colocar – já quando corretamente finalizadas – as colunas. Ele até pode pôr as colunas mesmo que não estejam finalizadas, mas estes espaços são especialmente para isso.

Layout of a Freecell Card Game

Layout de um jogo de Freecell

Todas as colunas deverão de estar organizadas por naipe. Além disso, devem estar dispostas em oito colunas. Quatro dessas com sete e outras quatro com apenas seis. As cartas devem estar bem organizadas e, quando construindo uma coluna, o valor da carta deve vir baixando enquanto se vão acrescentando cartas. Além disso, a cor também deverá alternar. A carta mais valiosa é aquela que é a base da coluna, neste caso é o Rei. A partir do Rei a coluna deverá ser construída, e se for construída corretamente pode ser movida, mesmo que esteja apenas metade, isto é, até ao 6. As colunas podem ser movidas livremente, mas tudo depende dos espaços vazios que ainda existem no tabuleiro.

O jogo termina quando todas as colunas estiverem corretamente organizadas, com a cor alternada, os números também e os quatro naipes divididos, cada um no seu espaço.

Apesar da Microsoft já não introduzir mais estes jogos nos seus sistemas, ainda se podem jogar, de forma gratuita, na internet. E todos devem matar as saudades desses jogos clássicos, ou então ao menos jogá-los uma vez para experimentar!

Estamos cada vez mais próximos do lançamento do iPhone 6


É isto mesmo, a cada dia que passa estamos confiantes de que estamos cada vez mais próximos de vermos a Apple finalmente lançar o seu novo iPhone 6 no mercado. Rumores, lendas, vídeos e histórias sobre a possível chegada deste aparelho, ou aparelhos, estão por todas as partes atualmente na Internet.

Não somente a net está inundada com estas perspectivas e rumores, mas também existe uma imensa expectativa sobre a Apple de realmente lançar este iPhone 6. Isto porque tal expectativa já existe desde o ano passado, quando a empresa de Cupertino, não o lançou e sim os seus mais recentes modelos, o iPhone 5s e o iPhone 5c.

O motivo pelo qual estes rumores e ‘leaks’ não param de surgir é basicamente simples: a Apple já por um tempo não tem lançado algo realmente revolucionário. E convenhamos, mesmo sendo fãs da Maçã, devemos admitir que os smartphones da companhia norte-americana aparentemente estão ficando um pouco para trás quando comparados com os super-aparelhos quem vêm chegando ao mercado. Estes outros aparelhos estão por todas as partes também, vejamos por exemplo o eterno rival da Apple, o Samsung Galaxy S5 e também, o Sony Xperia Z2 e o HTC One M8. Todos estes aparelhos além de excelentes são discutivelmente superiores ao melhor modelo da Apple, o iPhone 5S.

Espera-se que o iPhone 6 chegue nos EUA já em Setembro

Espera-se que o iPhone 6 chegue nos EUA já em Setembro

Outra vantagem que estes aparelhos vêm tendo em relação ao iPhone, é o tamanho da tela dos mesmo. A Apple em uma batalha judicial com a Samsung acabou deixando escorregar que está sim ciente de que muitos usuários estão cada vez mais desejando aparelhos em que as telas possuem dimensões maiores. A companhia está tão ciente que até mesmo vem aos poucos engrandecendo os seus modelos, mas no entanto estes ainda continuam bastante tímidos quando comparados com os grandões das outras marcas.

A Apple também estaria ciente que muitos de seus fãs na Ásia estariam preferindo modelos com telas maiores, já que estes usuários não utilizam o teclado romano para compor mensagens e sim desenham na tela os caracteres de suas línguas nativas (como o Chinês e o Japonês). Deste modo, para os usuários Asiáticos, faz todo o sentido possuírem um smartphone com a tela grande. Como a Apple estaria de olho no gordo e crescente mercado asiático, rumores sugestem que a mesma iria não somente aumentar as dimensões do modelo que iria substituir o iPhone 5S (provavelmente o iPhone 6), mas também lançaria um outro modelo com dimensões ainda maior.

Já pelo Brasil o iPhone 6 é esperado apenas antes do Natal

Já pelo Brasil o iPhone 6 é esperado apenas antes do Natal

Este possível modelo de tela maior, seria lançado para competir com o Samsung Galaxy Note 3 e também o Sony Xperia Z Ultra, que se enquadram na sub-categoria de smartphones chamada de Phablets, que seriam híbridos de ‘Phones’ com ‘Tablets’.

Honestamente esta grande expectativa da Apple realmente lançar seus novos aparelhos com a tela maior é o que nos deixa mais animados quanto ao lançamento do iPhone 6. Pense bem, isto para nós gamers seria excelente. O iPhone já é uma plataforma legal de se jogar enquanto estamos por exemplo no metrô ou em uma fila, agora imagine ele melhorado e ainda com uma tela maior? Por isto estamos tão empolgados com esta possível chegada. Mas para esfriar um pouco as nossas expectativas, existem também fortes rumores de que o preço do iPhone 6 será aumentado. É realmente algo bastante possível, já que os preços dos aparelhos da Apple têm se mantido estáveis já há um bom tempo, enquanto todos os custos que a mesma possui na produção só têm aumentado.

Aguardemos companheiros de dedos cruzados para a Apple realmente nos surpreender e trazer 2 ‘grandes’ modelos ainda neste ano de 2014!

 

Você sabe como tudo começou para os jogos em rede?


Os MMORPG’s são jogos online, que possuem milhares de jogadores em simultâneo, em que cada um interpreta um papel e o jogo é influenciado pelas suas ações.

Ultima Online

Ultima Online

Ao contrário do que possamos pensar, os jogos online já existem há muito tempo, tendo aproveitado os últimos avanços tecnológicos, como a globalização da internet a enormes velocidades, para se massificarem um pouco por todo o mundo. A origem dos games online remota ao ano 1974, aonde a Mazewar desenvolveu o primeiro mundo gráfico virtual, possibilitando uma visão em 1 pessoa a dois players enquanto estes rondavam num labirinto e caçavam um ao outro com tiros.

Por esta altura, o sistema PLATO que era uma plataforma utilizada apenas com interesses educacionais baseado em máquinas mainframe com consoles gráficos foi um dos 1os métodos na arena de sistemas multi-player, aonde um game de lutas espaciais suportava até 32 jogadores ao mesmo tempo (o Spasim). Este sistema também disponibilizou na mesma altura um sistema de chat para vários utilizadores, chamado dee Talkomatic.

Oubliette, criado por Jim Shwaiger para o sistema PLATO e um ano mais tarde foi projetado para o sistema MUD1 possuindo um elevado nível de dificuldade o game era jogado por equipes de jogadores em cooperação, do contrário os players iriam apenas morrer sem realizar seus objetivos.

No ano de 1977 surgiram jogos como Moria / Avatar que seguiam as diretrizes dos jogos já mencionados (estes então seriam os percursores dos games online). Deste modo, no ano de 1980 apareceu o 1o Massive Multiplayer Role Playing Online Game, este se enquadrando em uma categoria totalmente inédita, aonde um jogador não somente interpreta um papel (role) mas também possui missões nas quais fazem o seu personagem evoluir, alpem de é claro terem a chance de comunicar com outros players através de chats conectados à internet.

No entanto existe bastante discussão ao redor de qual realmente foi o primeiro jogo desta nova categoria de jogos. Uma esmagadora maioria considera o game A Ilha de Kesmai, sendo este primogênito. Tal jogo levou 5 anos para ser desenvolvido, iniciando-se em 1980 e finalmente chegando ás lojas em 1985 nos EUA. O jogo foi lançado ao preço de 12 dólares americanos a hora de Compu Serv, que suportava até 100 jogadores.

World of Warcraft - Servidor bastante cheio

World of Warcraft – Servidor bastante cheio

Já o termo MMPRPGP foi primeiramente mencionado no ano de 1997, atrvés de Richard Garriott, o desenvolvedor do jogo Ultima Online. Apesar do nome conter o termo Massive e suportar centenas de jogadores jogando ao mesmo tempo, ninguém à epóca esperava que o jogo atrairia tantos players e iria praticamente revolucionar todo o mercado dos games. Com o passar dos anos, surgiu a segunda geração dos MMORPGs, aparecendo os primeiros jogos de PvP (aonde jogadores ‘lutam’ uns contra os outros). Podemos destacar grandes sucesso deste gênero os jogos Counter Strike e o WOW (World of Warcraft).

Já nos anos 2000, estes famosos jogos de rede iniciaram um processo de migração para os consoles de vídeo game, como o PlayStation e o XBOX. No entanto tais plataformas não apresentaram o nível de sucesso esperado. Um grane motivo talvez seja a dificuldade de se jogar um jogo complexo com apenas um controle, ao invés de um mouse com vários botões e um teclado com uma multitude de teclas e combinações.

Cada vez mais os MMORPG’s são os preferidos dos jogadores, não só porque as suas decisões influenciam o rumo do jogo mas também porque podem fazê-lo cooperando com outros jogadores. Será isto um aviso para os produtores de jogos? Será que no futuro apenas jogaremos em rede?